1 | 2

A Sinfônica

A Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas foi a primeira instituição do gênero a surgir em uma cidade brasileira fora de capital de Estado. Documentos de 1929 vieram à tona em outubro de 2014, e comprovam que a Sinfônica de Campinas foi criada, formalmente, em 6 de outubro daquele ano, como Associação Symphonica Campineira.

Esses dados comprovam que a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas é uma das mais antigas do País em atividade, se não a mais antiga. O concerto de estreia foi apresentado no dia 15 de novembro de 1929, sob regência do maestro Salvador Bove. Desde então, a orquestra encanta o público com obras de grandes compositores e privilegia o trabalho de artistas regionais.

Em 1975, passa a ser mantida pela Prefeitura de Campinas, quando foi consolidada na estrutura que perdura até os dias atuais. As décadas de história, registradas em atas, cartas, recibos, notas e livros demonstram o apreço do público campineiro e regional pela música erudita, que tornou Campinas rota indispensável dos principais programas sinfônicos e operísticos do País.

Atualmente, a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas tem como diretor administrativo o compositor e arranjador Rodrigo Morte e como diretor artístico e regente titular, Victor Hugo Toro. 

A temporada 2017 consolida a trajetória da Sinfônica como principal aparato cultural de Campinas e região, com uma sólida programação de concertos oficiais, concertos didáticos e concertos populares nas mais variadas regiões da cidade. Mais uma vez, a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas recebe  grandes regentes e prestigiados solistas da cena erudita brasileira e internacional.

 

 

 

 

 

 

Estação Cultura
Pça. Mal. Floriano Peixoto, s/nº
Centro - Campinas - SP
Tel.: (19) 3705-8000